Seja nosso amigo no Facebook Siga-nos no Twitter Siga-nos no Twitter
00:00     00/00/0000    
REPORTAGENS
15/08/2011
TAMANHO DO TEXTO Diminuir fonte Aumentar fonte

Eles têm a força


SUVs já representam 31,64% de participação de mercado no primeiro semestre

Redação*
Divulgação

Indique

Os Sport Utility Vehicles - SUVs são os grandes protagonistas do mercado nacional da atualidade. Vantajosos para aquisição, principalmente àqueles que priorizam veículos com utilidades além do passeio e conforto de primeira linha, os SUVs têm ganhado espaço nas ruas brasileiras e maior porcentagem de participação no volume de vendas nos últimos anos.

Em sua grande maioria, os modelos desta categoria veem equipados com motorização de alto desempenho - ora até diferenciais de tração - e itens tecnológicos sofisticados, atribuídos especialmente aos quesitos de segurança e luxuosidade.

E não foram apenas as suas características que fizeram os utilitários esportivos ganharem as ruas tupiniquins. A melhora da economia brasileira proporcionou a chegada desses automóveis, que aumentou o poder de compra do brasileiro.

Para ter ideia, em 2002, nos dados divulgados pela Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores - Fenabrave, apenas o Kia Sportage, com 1.745 unidades emplacadas, Chevrolet Blazer, com 4.754 unidades e o Land Rover Defender, com 1.383 unidades emplacadas, figuravam na lista dos comerciais leves mais licenciados.

Cinco anos depois, em 2007, os números da Fenabrave mostravam que o segmento já tinha 29,84% de fatia de mercado. Neste ano, o líder de vendas era o Ford Ecosport, com 47.035 unidades emplacadas, seguido de perto pelo Mitsubishi Pajero, com 15.630 unidades vendidas, e pelo Hyundai Tucson, com 12.344 unidades.

Passaram-se quatro anos desde então, e este crescimento tomou conta das grandes montadoras do País, que passaram a investir com mais afinco na categoria de utilitários esportivos. Inclusive montadoras que antes deste período não possuíam um representante desta categoria para o mercado nacional, decidiram se incluir no rol de candidatos à preferência pública.

Hoje, existe cerca de 50 modelos de SUVs a venda no Brasil, entre exemplares de grande, médio e pequeno porte. Marcas como Mitsubishi, Honda, Kia e Hyundai são algumas das principais comerciantes desta categoria por aqui e, esta última, aliás, tem como prova de seu foco a produção do Tucson em solo nacional.

Segundo o gerente geral Comercial da Honda Automóveis do Brasil, Sérgio Bessa, há uma explicação clara para este crescimento participativo da categoria: “O segmento de SUV cresceu nos últimos anos por causa do potencial do mercado brasileiro, que ainda é de crescimento.”

De fato, a variedade oferecida pelo mercado brasileiro é um dos trunfos do sucesso dos utilitários esportivos. Para o assessor de imprensa da Kia Motors do Brasil, Koichiro Matsuo, hoje existem modelos para todos os perfis de compradores. “O consumidor brasileiro é apaixonado por carros. E ainda mais pelo SUVs. Existem utilitários esportivos para todos os gostos e bolsos. Nossos SUVs, por exemplo, têm um importante diferencial: a relação custo/benefício”, explica.

Em 2008, já eram comercializados 44 modelos diferentes entre montadoras sul-coreanas, americanas, inglesas, alemãs, entre outras. Na época, a participação de mercado já era de 31,08%. Em 2009, não houve um grande salto em participação, que foi de 31,47%. Nos anos de 2010 e 2011, apesar das oscilações, a categoria continua engrenada (vide gráfico 1).

 
SUV x Os Outros
No parâmetro comercial, o crescimento na participação dos SUVs no mercado nacional tem como principal consequência a diminuição da presença de outras categorias, como por exemplo, as dos bem aceitos hatchs e sedãs leves. Em resumo, os SUVs ‘roubaram’ boa fatia do mercado.

A aceleração da indústria automotriz de um modo geral aumentou proporcionalmente as vendas das principais categorias, em especial os hatchbacks. No entanto, a lógica indica que se os SUVs não tivessem crescido tanto, o aumento para os modelos de dois volumes teria sido muito maior nos últimos anos.

Mas, enquanto os hatchs conseguiram resistir à pressão dos utilitários esportivos, os sedãs foram os que mais sofreram com eles. Desde 2008, quando a categoria de três volumes teve seu melhor desempenho no período, com 11,34% de participação, a categoria só fez cair na parcela participativa, chegando à fatia de apenas 7,68% no ano passado, e fechando o primeiro semestre de 2011 com somente 8,34% de participação (vide gráfico 2).

Este estudo de mercado assegura alguns números interessantes entre as marcas dentro da categoria de SUVs. No primeiro semestre deste ano, a Kia Motors vendeu 7.613 utilitários esportivos, o que representa 18,8% do total de 40.500 automóveis vendidos pela Marca no País nesse período.

Já a Honda deixa claro que a CR-V é a principal responsável pela boa participação da Marca no segmento. “As vendas para esse produto (CR-V) cresce a cada ano. Em 2010, após atingir recordes mensais (em um único mês chegaram a ser emplacadas 2.500 unidades do modelo), encerramos o ano com 18.754 unidades comercializadas do modelo, o que representa um crescimento de 67,21% com relação a 2009”, explica Sérgio Bessa, gerente comercial da Marca.

Contudo, o quesito preço é algo que pode influenciar diretamente na boa aceitação e no aumento do volume de vendas da categoria de utilitários esportivos. Na Kia, por exemplo, este é um fator determinante. “Nossos SUVs se posicionam com preços entre R$ 83 mil e R$ 160 mil. Para essa faixa de preços, os clientes são ainda mais exigentes e conhecedores dos diferentes modelos existentes no mercado brasileiro. Por isso, todos os cuidados são fundamentais”, salienta Matsuo, assessor da Kia.

Os valores dos SUVs à venda no mercado brasileiro podem variar de R$ 53 mil a R$ 320 mil. Os preços são competitivos se comparados aos das demais categorias, o que pode justificar a boa aceitação, já que a acessibilidade para este tipo de veículo é a mesma que a aplicada à todas as outras modalidades de automóveis.

 

*Fonte: Revista USAC News
 



NOTÍCIAS RELACIONADAS

Casas sobre rodas -  um pouco mais sobre trailers

REPORTAGENS

| 03/01/2014

Casas sobre rodas - um pouco mais sobre trailers

De lar a empresa, os veículos podem ser ótimas opções para viagens e investimentos

Sonho de pilotar - como ser um piloto de automobilismo

REPORTAGENS

| 02/01/2014

Sonho de pilotar - como ser um piloto de automobilismo

Para entrar no grande circuito competitivo é necessário uma dedicação e investimento muito alto. Alguns conseguem manter, já outros precisam analisar até que ponto vale a pena investir

De olho no radar - saiba quais são os benefícios

REPORTAGENS

| 01/01/2014

De olho no radar - saiba quais são os benefícios

Os milhares de radares distribuídos pelos estados registram de diversas formas a irregularidade no trânsito, mas quais são essas formas?

Ver todas

 



NOTÍCIAS POR MONTADORAS

AGRALE ALFA ROMEO ASTON MARTIN AUDI
BENTLEY BMW CHERY MOTORS CHEVROLET
CHRYLER CITROEN CROSS LANDER DODGE
FERRARI FIAT FORD GEELY
HONDA HUMMER HYUNDAI IVECO
Anterior Próxima




SHOPPING

 
Portal Carros e Acessórios | © 2009 - 2014 - Todos os direitos reservados